Protesil News

EPIS PARA A PROTEÇÃO DE PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM E SIMILARES.

No âmbito da enfermagem, o equipamento de proteção individual não se faz menos necessário, prevenindo não apenas infecções como também promovendo saúde.

Os profissionais de enfermagem muitas vezes não utilizam os equipamentos de proteção individual, tanto por razões infundadas quanto por falta de orientação. Para cada EPI existem diversas desculpas, sendo que a mais usual é sobre a utilização das luvas de procedimento, referindo que há uma diminuição da sensibilidade em procedimentos como punção de acesso venoso periférico ou ainda que não há possibilidade de utilizar as luvas para atividades que são utilizados esparadrapos.

São EPIS fundamentais neste âmbito:

Luvas: utilizadas em procedimentos que envolvem excreções, protegendo as mãos do material biológico.

Máscara e Protetor respiratório: devem ser utilizados quando houver manipulação de produtos químicos tóxicos e em procedimentos que envolvam respingos gerados por tosse, espirro ou até mesmo pela fala.

Avental e Gorro: Ajudam a prevenir a absorção de partículas no local de atendimento.

Calçados: Indicados para ambientes com sujeira orgânica.

Óculos: Proteção dos olhos contra radiações, impactos e substâncias diversas.